Educação para diversidade

Associated Courses

R$624,00

Educar para diversidade significa garantir contextos educacionais para que todas as crianças, adolescentes e jovens brasileiros sejam capazes de contemplar a riqueza da diversidade e da multiplicidade cultural, religiosa, fenotípica e de gênero que marca a sociedade brasileira. Assim, é urgente que nossos educadores estejam preparados para contribuir com a formação de indivíduos que prezem pelo respeito e pela boa convivência.

Este curso objetiva problematizar diálogos a respeito das diversidades e sua relação com a educação, de forma a contribuir com uma formação crítica, humana, teórica e cidadã pautada na equidade. Para isso, apresentaremos questões relativas à raça, gênero, bullying e violência escolar e dificuldades de aprendizagem.

Em até 6x de R$104,00 sem juros.

Para quem é este curso?

Profissionais da educação, com atuação na Educação Básica, e demais interessados no tema.

40
horas

Certificado
Singularidades

120
dias de acesso

Conteúdo
interativo

Módulo 1: Educação para equidade racial
Neste módulo, vamos tratar da LDB, alterada pela Lei n. 10.639/2003, e das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana; da importância de currículos escolares que contemplem a diversidade; do papel da gestão no enfrentamento das desigualdades e da promoção de ações afirmativas; e da relevância da formação continuada para a promoção da equidade racial.

Módulo 2: Dificuldades de aprendizagem
Aqui, buscaremos oferecer subsídios para que profissionais da área da Educação possam distinguir o que se apresenta como dificuldades circunstanciais de aprendizagem daquilo que se nomeia no campo psicopedagógico como dificuldades específicas de aprendizagem e, assim, consigam ensinar de forma mais eficaz e equânime a todos os estudantes.

Módulo 3: Bullying e violência escolar
Vamos distinguir duas formas de violência que se apresentam na escola: bullying (intimidação) e preconceito; discutir suas determinações sociais e psíquicas; apresentar as características de seus autores e de seus alvos; e, por fim, propor formas para seu enfrentamento, que fortaleçam nos estudantes a convivência social pacífica, por meio do desenvolvimento da compreensão e da sensibilidade diante do sofrimento dos outros.

Módulo 4: Gênero e sexualidade na escola
Apresentaremos conceitos básicos relacionados à temática do gênero, a fim de informar os cursistas e convidá-los ao debate, a fim de discutir muitas categorias utilizadas nas últimas décadas – especialmente na academia e em movimentos sociais –, que causam dúvidas no público geral, por isso a importância de explicitar as suas definições e de mostrar que essas definições são disputadas e sofrem mudanças ao longo da história. A partir desse embasamento introdutório, as noções de binarismo e normalidade serão destacadas como aspectos fundamentais em muitos processos de categorização, o que por vezes confere aos sujeitos limitações e desejadas estilidades. Por fim, apresentaremos sugestões de revisão e construção de práticas na escola direcionadas à importância da escuta, do diálogo e do convívio.

Waldete Tristão Farias Oliveira
Doutora em Educação pela USP e mestra em Educação pela PUC-SP. Graduada em Pedagogia e Letras. Atuou como professora, formadora e na gestão pedagógica e administrativa em escolas de Educação Infantil (EMEI) e Centros de Educação Infantil (CEI), da cidade de São Paulo. Foi supervisora de creches. Participou como formadora do projeto São Paulo, Educando pela diferença para a igualdade, promovido pela UFSCar. Produziu conteúdo para o curso Gênero e Diversidade na Escola/UNIFESP. Compõe a equipe de Educação do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT). Finalista do 63º prêmio Jabuti (2021) com o livro Conhecendo os Orixás, de Exu a Oxalá, escreveu também Do Òrun ao Àiyé – A criação do mundo. É professora do curso de Pedagogia do Instituto Singularidades desde 2021.

Elizabeth dos Reis Sanada
Doutora e mestra em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela USP. Psicóloga, pedagoga, psicanalista, especialista em Psicopedagogia e Neurociências, em Educação Bilíngue e em Formação Integral. Também é coordenadora da pós-graduação em Psicopedagogia do Instituto Singularidades e membra da Associação Brasileira de Psicopedagogia (ABPp-SP).

José Leon Crochick
Professor titular do Instituto de Psicologia da USP; professor credenciado do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência da Unifesp; bolsista produtividade em pesquisa pelo CNPq; coordenador de pesquisa financiada pela Fapesp sobre bullying e preconceito na escola pública; coautor do livro Bullying, preconceito e desempenho escolar, uma nova perspectiva e autor do livro Preconceito, indivíduo e cultura.

Nicole Crochick
Psicóloga e mestra pelo Instituto de Psicologia da USP, especialista em Gestão Escolar pelo Senac. Coautora do livro Bullying, preconceito e desempenho escolar. Coordenadora educacional e coordenadora de práticas inclusivas em escolas.

Raphaela Comisso
Mestra em Estudos Culturais pela USP, especialista em Comunicação, Mídias e Educação também pela USP e graduada em Letras pela Unicamp. Trabalha com edição e autoria de materiais didáticos desde 2009 e pesquisa gênero e sexualidade na escola, com ênfase em aspectos discursivos e históricos, atuando também com formação de educadores/as sobre esses temas. Coautora dos livros infantis Mãe não é uma só, eu tenho duas! (2020) e Malu brinca de quê? (2021). Diretora do documentário educativo Vozeria (2015).

40 horas de duração.

R$ 624,00 à vista ou 6x R$ 104,00 (sem juros)

Fotos do atendimento

Precisa de ajuda?

Fale com um de nossos assistentes em nossos canais.
FAQ

Informação adicional

Tempo de Curso

40h

Valor

Até R$ 700,00