Onde nascem as perguntas das crianças?

R$532,00

É possível parcelar em até 5x de R$ 106,40.

A criança se move pela curiosidade e pelas perguntas que carrega consigo. Lê o mundo e o interpreta com inteireza corporal. E você, educadora? Que atos curiosos da criança você captura? A criança como sujeito de curiosidades usa olhos, boca, movimento, mente, o corpo todo, que são perguntadores do que? Como você traz o movimento da curiosidade para suas experiências pedagógicas e fotográficas? Quais histórias você conta a partir de uma pergunta? E essas histórias, trazem propostas das crianças? 

A ideia é “abrir janelas” para as imagens corporais: mirar detalhes, prescrutar sentimentos, ir atrás de pistas que conduzam a outras pistas, de pequenos sinais que levem até as culturas e as histórias inscritas no corpo: “a cultura se inscreve no corpo”. A fotografia será como um buraco da fechadura ou o espelho de Alice: a janela de um mundo de imagens ainda não visíveis, a um só tempo familiares, incompreensíveis e disponíveis, à espera de descobertas e interpretações.

Trataremos da observação e fotografia, com os sentidos do corpo, por meio da subjetividade e das referências culturais do sujeito, seja ele criança ou adulto. Esta parte do programa da formação combina linguagem fotográfica, investigação pedagógica e história da arte. A câmera será a mediadora das observações que, aos poucos, dará forma às experiências fotográficas. O “convívio” com autores, artistas e fotógrafos, que conceituam corpo e movimento, animarão as nossas conversas. 

Nos três encontros trabalharemos despertar o olhar sobre imagens de períodos históricos que focam o corpo e suas expressões, sejam elas criadas por fotógrafos, pintores, escultores, clássicos, contemporâneos, sejam elas produzidas por educadoras que registram a infância.

Objetivos

  • Pensar a infância como potência de perguntas
  • Interpretar as perguntas das crianças no cotidiano da escola
  • Ler o corpo do adulto e da criança como linguagem expressiva e comunicativa
  • Discutir a finalidade de registrar a criança e sua inventividade
  • Compartilhar sentidos da leitura de imagens

Observação:

A realização do curso está sujeita a número mínimo de matriculados.
Caso não seja viabilizado o curso, você será avisado (a) com antecedência à data prevista pra início das atividades. Somente neste caso, os valores pagos serão devolvidos.

Em caso de dúvidas entre em contato pelo e-mail: [email protected]

Inscreva-se

Para quem é este curso?

Educadores da Educação Infantil e 1o ano (professores, coordenadores, estudantes de Pedagogia)

Certificado
Singularidades

18 horas
de duração

Datas: : 17, 18 e 19 de janeiro de 2023
Horário: 9h às 16h
Carga horária: 18 horas

R$ 532,00 à vista
É possível parcelar em até 4x de R$275,00.

Confira nossa Política de Concessão de Descontos para curso online, também válida para este curso.

Aula 1 – 17 de janeiro
1. Infância e escola da infância, breve retrospectiva histórica
2. Imagem de criança
3. Perguntas e projetos que nascem diariamente

Aula 2 – 18 de janeiro
4. Registros fotográficos e narrativas do cotidiano da escola
5. Visibilidade das aprendizagens por meio de imagens
6. Experiências fotográficas

Aula 3 – 19 de janeiro
7. Leitura de imagens e narrativas visuais
8. Painel narrativo
9. O câmera interna e o olhar pedagógico
10. O estético, o político e o ético na captura de imagens

  1. Infância e escola da infância, breve retrospectiva histórica
  2. Imagem de criança
  3.  Perguntas e projetos que nascem diariamente
  4. Registros fotográficos e narrativas do cotidiano da escola
  5. Visibilidade das aprendizagens por meio de imagens
  6. Experiências fotográficas
  7. Leitura de imagens e narrativas visuais
  8. Painel narrativo
  9. O câmera interna e o olhar pedagógico
  10. O estético, o político e o ético na captura de imagens

Docentes do curso

Fotos do atendimento

Precisa de ajuda?

Fale com um de nossos assistentes em nossos canais.
FAQ

Informação adicional

Tempo de Curso

18h

Valor

Até R$1.600,00

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Onde nascem as perguntas das crianças?”

O seu endereço de e-mail não será publicado.