Identidades em jogo: ser professor em um mundo em transformação

R$1.200,00

Até 4x de R$300,00 sem juros

Há alguns anos, era comum definirmos o professor como aquele que detinha o conhecimento e o transmitia em mão única aos estudantes. No entanto, a sociedade já não é mais a mesma, assim como o que se espera dos estudantes e dos professores também mudou. Se hoje consideramos que os estudantes devem estar preparados para as demandas do mundo atual, também devemos realinhar os objetivos educacionais, e essas mudanças só serão possíveis se repensarmos os papéis do professor nos processos de ensino e aprendizagem.
Neste curso, vamos identificar discursos vigentes e suas origens na definição do papel do docente na relação professor-aluno, com o objetivo de identificar seus referenciais teóricos, a influência de verdades constituídas, as acomodações, resistências e contradições presentes nas demandas relativas ao exercício dessa função.
Para uma familiarização ou aproximação inicial a algumas teorias pedagógicas e psicológicas que regulam a profissão de coordenadores pedagógicos e professores, vamos buscar compreender como moldam obediências, como identificam resistências e como criam discursos quando definem as competências necessárias para o exercício do magistério.
Número máximo de alunos: 30
Número mínimo de alunos: 8

Para quem é este curso?

Público-alvo: estudantes de último ano das licenciaturas; educadores e coordenadores da educação básica

39 horas de
duração

Certificado
Singularidades

60
dias de acesso

Professores reconhecidos

Múltiplas
Linguagens

– Apresentar uma retrospectiva da definição do papel do professor desde movimentos de contraposição às chamadas “escolas tradicionais”, pelo destaque ao papel ativo dos estudantes.

– Problematizar discursos pedagógicos veiculados como verdades na construção da identidade dos professores.

– Dialogar sobre os desafios colocados à profissão docente, especialmente aqueles que se referem aos seus múltiplos saberes.

– Promover a reflexão e a crítica sobre diferentes exigências sociais e institucionais que se colocam no dia a dia dos professores da educação básica.

Módulo 1 – Retrospectiva da definição do papel do professor desde movimentos de contraposição às chamadas “escolas tradicionais”, pelo destaque ao papel ativo dos estudantes 
Neste módulo, examinaremos o contexto brasileiro a partir dos seguintes temas: Manifesto dos Pioneiros da Escola Nova; perspectiva de Paulo Freire e as continuidades e rupturas desse movimento na atualidade.

Módulo 2 – A problemática dos saberes docentes
Nesta parte do curso, seremos levados a refletir sobre a pedagogia das competências; a ideia de formação de um “professor reflexivo”; e a persistência/resistência dos saberes pré-profissionais.

Módulo 3 – Professores como intelectuais transformadores.
Você sabe o que é ser professor na sociedade da informação/do consumo? Aqui vamos conhecer os desafios de ser docente na constante reconstrução de seu papel e saber sobre a importância dos saberes da experiência. 

Módulo 4 – Reconstrução do processo enquanto aluno e professor
Falar de protagonismo na aprendizagem é tratar desse novo lugar do estudante: alguém que participa, que não está apenas na plateia. Para essa discussão, trabalharemos com relatos autobiográficos e seu compartilhamento.

R$ 1.200,00 (4 x R$ 300,00) 

Datas: 16, 23, 30 de março de 2022; 6, 13, 20 e 27 de abril de 2022; 4, 11, 18 e 25 de maio de 2022; 1 e 8 de junho de 2022

Horários: quartas-feiras, das 19h às 22h

Docentes do curso

Fotos do atendimento

Precisa de ajuda?

Fale com um de nossos assistentes em nossos canais.
FAQ

Informação adicional

Tempo de Curso

39 horas

Valor

até 1200,00, até 300,00

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Identidades em jogo: ser professor em um mundo em transformação”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *